É por isso que os contratos coletivos de trabalho são necessários

Porque são tão importantes os contratos coletivos de trabalho (CCT)?

Porque garantem condições de trabalho justas e seguras. Como trabalhador por conta de outrem, ficas com ele protegido contra a arbitrariedade e reforças os teus direitos e posição. Com um CCT, tem-se sempre melhores condições de trabalho do que as previstas na lei. Por ex., os CCT regulamentam:

  • salários mínimos, 13° mês, igualdade salarial para mulheres e homens
  • pagamento de subsídios em caso de doença, acidente, gravidez, serviço militar, etc.,
  • modelos de reforma flexíveis, incl. reforma antecipada em profissões de desgaste rápido
  • licenças de maternidade e de paternidade
  • prestações específicas para formação contínua
  • horários de trabalho vantajosos, limitação do trabalho à chamada
  • segurança e saúde no trabalho
  • regulamento de férias e feriados
  • melhores prazos de aviso prévio e protecção contra o despedimento
  • planos sociais – se necessário
  • direito de participação para os trabalhadores

Procura o CCT que se aplica no teu ramo

O que fazem os sindicatos

Os sindicatos negociam os CCT com associações e/ou empregadores. O Unia é parte contratante de 250 contratos coletivos de trabalho nos sectores da construção, de serviços, da indústria e do comércio.

Representamos os interesses dos trabalhadores e defendemos as suas causas. É por isso que os sócios são importantes. Só através deles é que sabemos que problemas existem num ramo de atividade. Se formos muitos, somos mais fortes. O melhor é: reembolsamos aos nossos sócios o total ou parte das contribuições profissionais que lhes são deduzidas do salário se estiverem subordinados a um CCT. Isto significa que uma grande parte da tua quota sindical te é reembolsada.